quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Como é bom estar entre irmãos!

As pessoas costumam gostar quando eu adiciono fotos às partilhas do blog e como eu prometi que faria, ei-las...

Estamos em Jerusalém, é sexta-feira, 12 de novembro quando o Moysés, após assinar o contrato entre a Comunidade Shalom e os Franciscanos no que diz respeito à parceria de serviço e evangelização em Nazaré, foi se encontrar com o Frei Patrício, carmelita, amigo de muitos anos. Frei Patrício, agora Abuna Patrick veio do Egito para encontrar-se com ele e os quatro amigos, em especial Daniele e Cândido, que faziam parte da comitiva que veio do Brasil com o Fundador. 

Foi uma festa o encontro de todos e nesta foto estamos na sala de entrada na casa da Brigetinas (de Santa Brígida) que mantem uma casa para peregrinos com qualidade de hotel, preço de pousada e ambiente de mosteiro, a própria perfeição de ingredientes, aos pés do Monte das Oliveiras, bem pertinho da Cidade Velha, em Jerusalém. Na ordem se vê Glória Giovani, Carlos Matos, Elena, Moysés, Daniele Holanda, Pe.João Wilkes, e sentado o pai de todos os cururus, o impagável e único Cândido Couto.

 

Esta foto mais solene marca o final do almoço e oração de ação de graças na capela da Cúria Católica-Melquita em Haifa, onde trabalho, para o qual foram convidados Moysés e os padres que o acompanharam na missão, Pe.João Paulo e Pe.João Wilkes. Também estava presente Lorena Gadelha que é a responsável local da missão.

Foram horas bastante agradáveis de partilha sobre as experiências no Sínodo para o Oriente Médio, sobre a situação do Iraque e um novo convite para ir ao Brasil, quem sabe para o lançamento em português do livro 'Blood Brothers' que estou traduzindo a passos de sei-lá-o-quê...mas que ficará pronto quando chegar a hora da necessidade, a hora de Deus.


Irmãos e irmãs que formam a missão de Nazaré em foto com Moysés, amigos e padres. Atrás: Beto, Kézia, Leandro - foi transferido para Nazaré! - Glória, Pe.João, Erick. Na fila da frente: Pe.João Paulo, Cândido, Moysés, Daniele, Socorro, Raquel e Ana Paula. Tutti buona gente! Que Deus os abençoe neste tempo novo que vivem!


Após a missa de comemoração dos 10 anos do Shalom em Israel houve um jantar simples e delicioso, como sói acontecer com tudo o que diz respeito à culinária árabe, no centro de evangelização, promovido por vários membros da Obra em parceria com a Comunidade.

Depois dos comes-e-bebes tivemos direito a cantorias, homenagem de gratidão pelo dom do Carisma Shalom e até dança. Nesta foto, Ronête e Rula que são irmãs, mais Soraya que é da Comunidade de Vida e toda artista, bailarina, estão se preparando para dançar o que chamaríamos de dança folclórica local. Foi singelo e muito bonito. Barulhento e alegre também.

Deu para perceber a alegria do Fundador e dos irmãos brasileiros visitantes ao verem a cultura árabe cristã sendo alcançada pelo novo de Deus por obra do Espírito Santo. E quando  todos começaram a cantar as músicas de louvor do Shalom traduzidas para o árabe? Acho que o Célio Di Cavalcante nem sabe que sua especialíssima canção 'Senhor, Apaixonado Estou' inspirada e composta há mais de 20 anos é cantada em árabe, na missão de Haifa...

A mesma turma da primeira foto mais Frei Patrício. Ele ficou conosco somente dois dias mas como foi bom! Como bom filho de Teresa e João da Cruz é um padre que entende de amizade e de como cultivar amigos. 

Frei Patrício foi missionário no Brasil por quase 40 anos, tendo adotado MG e Caratinga (não podia ser outra cidade!), como seu último refúgio até ser transferido para o Cairo, no Egito, há noves meses. Desde então não tinha encontrado com ninguém da 'gangue antiga' até aparecer esta oportunidade de vir à Terra Santa coincidindo datas e agendas com Moysés e irmãos que vieram peregrinar com ele. Mimos da Divina Providência.

Como Frei Patrício não brinca em serviço, entre risos, muitas conversa, partihas, duas celebrações eucarísticas, dezenas de fotos, peregrinação na Jerusalém velha e encontros inesperados com brasileiros em excursão com o povo da Canção Nova, mais o bispo de Propriá, D.Mário, que o viu de longe e veio cumprimentar, ele conseguiu falar com todas as carmelitas brasileiras que vivem em Israel ao menos por telefone! Uma graça de multiplicação do tempo ímpar! Uma delicadeza paternal genuína e também fraterna que evangeliza, que me evangelizou eloquentemente pela ação e cuidado com o outro, com aquele a quem Deus confiou, não por obrigação e serviço, mas por amor ao amigo, porque ele é amigo. Frei Patrício me disse que Amigo mesmo é Jesus e somente Ele pode nos ensinar o dom da amizade. Nosso desafio é deixar que Jesus nos trate como tal. Quero aprender, ah como quero!
Em ordem, só para recordar: Pe.João, Moysés, Frei Patrício, Elena, Daniele, Pe.João Paulo, na frente: Carlos, Glória e Cândido.

Shalom! Deus seja louvado pelo que Ele nos deu estas semanas!
Que sejamos fiéis ao que o Senhor espera de nós,
deixando-nos amar por tão perfeito Amigo! Amém!

6 comentários:

Marcelo Man שלום disse...

Simplesmente Fantástico!
Estar com os irmãos celebrando a amizade, sem dúvida é um presente de Deus.

Fátima Azevedo disse...

Maravilhoso!!!!!
Amada, que saudades!!! Pense na vontade grande de estar aí com vocês, bem no meio destas fotos...rsrsrsrs
É sempre muito bom e prazeroso quando estamos unidos e reunidos com verdadeiros amigos/irmãos. Você é um destes que Deus me deu a graça de conhecer e amar. Muitas saudades das nossas partilhas by Quixadá...
Um grande abraço!!!!!!!!!!
Beijo em todos da missão!
Shalom!
Fátima Azevedo

Leonor disse...

Poxa! Realmente foi uma viagem dessas que jamais se esquecerá, até mesmo pelo conteúdo que ficou nos bastidores.

Camilo C. Branco disse...

Quantas graças!

Elena, estou ansioso por esse livro "Blood Brothers" em português. Quando morava aí, Lorena me estimulava a lê-lo na versão italiano ou em inglês... Nunca tive disposição suficiente, pois o vocabulário era muito alto pra mim. hehehe! Quem sabe agora. Tenho certeza que sim, que ele virá na "hora da necessidade".

Fico muito feliz com esse seu jeito fascinante e simples de partilhar as graças da missão. Somos nós quem ganhamos. Deus te abençoe.

Anônimo disse...

Que notícias boas Elena!!
Que belo presente esta visita!!
Shalom!!

Raiane
Petrolina-PE

Anônimo disse...

Shalom Elena,
Agora estou sabendo da musica apaixonado em árabe, que maravilha, Bendito seja o Senhor, que do nosso nada transforma em loucuras de amor e chega a tão longe. Deus te abençoe e a deixe cada vez mais apaixonada por ele, um abraço.
Celio di Cavalcanti Filho