sábado, 23 de janeiro de 2010

Primeiro Dia

Dormi e descansei gracas a Deus. O calor e' fortissimo, lembra Quixada. A eletricidade e' muito irregular e por isso a luz vai e volta varias vezes durante o dia e a noite. Tem ar condicionado no quarto mas de madrugada eu acordei molhada de suor sentindo-me numa estufa pois a luz tinha acabado...tudo vira oferta e aventura.
Como Deus e' bom por me permitir tao indigna e infiel ser sua serva e sua amiga... Sinto-me acompanhada pela oracao de muitos e dos irmaos de casa em particular pois a missao e' do carisma Shalom. Que seja o Espirito Santo presente e inflamador da parresia e do Shalom a me ajudar amanha.
O Pe.Christopher que e' santinho de tudo (um negro enorme de olhar puro), quer aproveitar que eu estou aqui e aumentou o retiro, ja' terei que dar uma palavrinha para as pessoas no final da missa de amanha a tarde. Hoje conheci todos os lugares da paroquia e os outros padres da Congregacao do Espirito Santo. Sao cinco. Todos risonhos, acolhedores e comunicativos.
Devagar tento acompanhar o ingles que eles falam...isso tem me deixado tensa e e' um grande desafio, mas medo foi feito pra gente enfrentar. E tenho certeza que o Espirito Santo vai me dar a uncao e a clareza necessarias para expressar aquilo que Ele quer falar ao coraxao deste povo nigeriano tao querido e amado do Pai. Sinto-me de certa forma em casa pois a congressao e do Espirito Santo e a paroquia e' de Nossa Senhora, Mae de Misericordia.
E' uma sensacao muito diferente ser a unica pessoa branca no meio de tantos negros de todos os tons. Duas jovens senhoras que ajudam na casa do padres e que ajeitaram o quarto de hospedes ficaram encantadas com o meu cabelo vermelho...ja pegaram, olharam, comentaram...Eles tem uma lingua nativa que se chama ibo e as pessoas tem sempre dois nomes, o nativo e o ingles. Falaram que ate' o fim da missao vao me dar um nome.
A comida e' estranhissima. Mas ate' agora me serviram saladinha e peixe frito e um arroz meio papento num molho muito apimentado que acho que ninguem da minha casa aguentaria comer. Mas a comida tipica me deixarao provar amanha e se chama fufu e e' um grande pirao feito de uma farinha parecida com a nossa farinha de mandioca. Por cima eles cobrem com um ensopado de folhas num caldo meio babento...amanha vou tomar coragem e provar. Depois eu conto. Ah! So' eu como de garfo e faca! Todos comem de colher!
A atmosfera da paroquia e das pessoa e' de uma piedade enorme e as criancas sao umas gracas! Pretinhas, lindinhas e muito calorosas e sorridentes. So' penso na Silvania. Ate' amanha se Deus quiser.
Estao me chamando.
Shalom!

4 comentários:

Guia-me Senhor! disse...

Bem vinda!

Amigos do Shalom Petrolina-PE disse...

OI Elena!!
Que o Espírito Santo te ilumine nesta missão!!!

Shalom!!!
Raiane

bill.sala disse...

Elenê,
que interessantíssimo.
Vou estimular a Mamma a ler e acompanhar, mais esse novo capítulo da 'Missão' - rs
Beijos
Bilim

Emilyanne disse...

Elena o Fred foi passar hum mes no Haiti foi dia 29/01/2010 dia do aniversario dele fiquei lendo seu testemunho e tb estou com medo ma vc diz que medo eh para ser enfrentado reze por mimpara que eu possa enfrentar o meu .Deus te abencoe. Emilyanne Arnaud