domingo, 25 de outubro de 2009

Na'm Urid - Sim Quero

Voltei. Estou em Israel, novamente em missão depois de 20 dias de serviço e férias (férias?) no Brasil, no Fórum Carismático, revendo pessoas e lugares em Fortaleza e no Rio. Não tive condições de escrever durante este tempo por me ver como cigana, sem tenda própria, de um lado para o outro. Muitas boas emoções. Impressões e descobertas, voz de Deus. Algumas constatações também foram desafiadoras. A vida corre, as pessoas mudam, eu também. As relações se esfriam, outras se estreitam, em família, com os amigos e amigas, na Comunidade. As malas foram desfeitas, os presentes entregues e a alegria do abraço nos irmãos e nas irmãs de casa, companheiros de vocação e de oferta de vida, aconteceu, finalmente. Assim como esperei ardentemente abraçar a muitos no Brasil, fiz o mesmo no retorno. Começa um tempo novo de surpresas e descobertas menos superficiais e de compromisso mais visceral. Não é fácil. Volto com mais perguntas do que respostas, há porém uma certeza fundamental: quero continuar este caminho de escolha de Deus. Ser escolhida por Ele e escolhê-lo acima de todas as coisas. É o amor esponsal. É ele que me tornará mais humana, mais livre e capaz de amar.
Hoje, 25 de outubro, 9 anos de missão em Israel, dia que renovamos nossas promessas por um ano como Comunidade de Aliança Missionária no Carisma Shalom. A foto acima registra este momento onde Cristina e eu respondemos o nosso sim, eu quero, em árabe, na missa de 10:30 da paróquia. Foi um testemunho comunitário, para este povo irmão, de que o Brasil não somente é a terra do Carnaval e do Futebol, mas é a terra do Halleluya, a terra que envia missionários, jovens e adultos, leigos, como nos disse o Abuna Samir, o pároco. Meus cabelos novamente pintados de henna vermelha são sinal do fogo que gostaria muito de ver arder em meu coração, o fogo do amor de Deus...

Foto para a posteridade. Na frente: Yara, Cristina, Tennessee, Silvânia e Lorena. Atrás: eu, Abuna Samir e Leandro. As meninas todas de cabelos escovadíssimos e lisíssimos... estávamos lindas por fora e por dentro. Creio que em nós brilhasse o desejo de continuar fazendo a vontade de Deus, sempre dependentes da misericórdia e da graça do Senhor que nos chamou e escolheu. Que Ele nos ajude e amadureça para cumprirmos com liberdade e inteireza a Sua perfeita vontade nesta terra que é Santa, e é dele.

A Vivi(ane) vai renovar sua consagração em outro momento, na Pastoral Hebraica onde ela exerce seu ministério e onde o Senhor lhe reserva surpresas de amor, pois também ela tem sido fiel e perseverante, por isso fiz questão de tirar esta foto com ela.
Acho que estou a cara da mamãe... mas as fotos do Brasil foi postar a seguir, nos próximos dias, não falta material, e aí as semelhanças e mais partilhas se farão ver.

O velho e conhecido almoço na varanda de casa - só dessa maneira saimos para almoçar fora - quando nos reunimos com os irmãos da missão de Nazaré. Eles sempre nos trazem muita alegria e a falação fica quase impossível de ser contida nas refeições, quando se reúnem os 14 missionários!

Ao fundo de pé à esquerda temos a Bruna, de Vigário Geral da missão do Rio de Janeiro que chegou há três semanas como Aliança Missionária, também ela ofertando a sua vida para o Reino de Deus.

O cardápio constava fundamentalmente de frango, salada, arroz, farofa e umas batatas assadas muito gostosas. A festa porém, ficou por conta das sobremesas mais que variadas, brasileiríssimas: doce de leite, queijadinha, doce de banana e brigadeiro feito com leite condensado de verdade. Bendita mamãe, bendita Emmir que não se pouparam em esforços para nos mandar estas guloseimas (sem contar o guaraná, o flocão para fazer cuscuz e a farinha verdadeira para a farofa), que fizeram da minha mala de presentes um verdadeiro 'armazém da esquina', que não foi sequer mexido pelos agentes de segurança da empresa aérea israelense El Al, que jamais poderiam desconfiar do supermercado que eu trazia. Mas esta proteção fica por conta do meu anjo da guarda que é bem humorado e um grande e fiel amigo.

Sim Quero! Na'm Urid! Não é fácil mas eu vou!

E quem disse que eu quero as coisas fáceis? Não quero nem as fáceis nem as difíceis, quero o que Deus quer, e aí se encontra a minha vida.

2 comentários:

Propriedade de Deus eu sou disse...

Parabéns! E como é bom escrever-te tendo a possibilidade de termos partilhado um pouco naquela noite de duas horas de cura da minha amiga.
Um grande beijo!

Leonor Márcia

Anônimo disse...

Oi Elena!!!
Gostei da sua partilha!!! gosto muito de visitar o blog.
Deus te abençoe.

Shalom
Raiane
www.amigosshalompetrolina.blogspot.com