terça-feira, 2 de setembro de 2008

Fotos e mais fotos






Vamos às explicações: a primeira e a última foto são dois ícones da paróquia melquita que freqüentamos, escritos (e não pintados, esta é a terminologia correta iconográfica) pelo pároco Abuna Samir. Consegui fotografar um a um no fim da missa no domingo passado, e aos poucos vou postando aqui. Não sei se dá para perceber a delicadeza dos traços, pois nem a foto nem a fotógrafa são profissionais, mas o primeiro retrata o nascimento de Jesus, e este último é o simpático e especial profeta Elias.

Ontem Lubna e eu tivemos um almoço surpresa de aniversário na Cúria, preparado pela super cozinheira Antoinette, mas encomendado pela Sister Martha, austríaca, que 'funciona' como governanta da casa. Nossos aniversários foram 26 e 29 de agosto. Não poderia deixar de registrar este momento onde estamos eu e ela ao lado do bispo Elias Chacour. Eles chegaram no sábado de uma peregrinação ao Egito liderado e organizado pelo Neo-Catecumenato. O almoço estava delicioso mas eu não abusei porque mesmo me exercitando 4 vezes por semana, não consegui perder nem 500gr. São os benditos dos docinhos que sempre aparecem... mas esta semana eu os tenho trocado pelas frutas.

Eu não disse ontem que tínhamos passado o domingo juntos, no Setorial, com a missão de Nazaré? Pois para fazer algo um pouco diferente, optamos para que o nosso encontro, partilhas e almoço acontecessem na área externa, no andar térreo do asilo, que corresponde à residência dos rapazes e que por ser num ponto bem alto de Isifya, tem esta belíssima vista. Deleitem-se com o verde da Galiléia! Bendito seja Deus que nos trouxe para cá e que nos permite partilhar suas riquezas pela Internet.

Hoje não consigo escrever muito porque como disse ontem, estou saudosa, meio sensível. Rezem por mim pois eu não me esqueço de um amigo, de uma amiga sequer, seja do Rio, de Quixadá, da Católica, de Fortaleza, de SP, Brasília, parentes e irmãos, primos, a família, os sobrinhos, as sobrinhas, minha única irmã, mamãe, meus dois irmãos, mães e pais espirituais... vixe! É gente demais! Amo vocês!

2 comentários:

Rilene disse...

Elena, querida! Conheço um pouco o que vc está sentindo, afinal também estou de certa forma distante de todos aqueles que amo. Não dá para comparar as distâncias, mas mesmo assim é difícil. Coragem e muita fé que o Senhor certamente lhe dará as forças necessárias para a sua caminhada de missionária Ad Gentis. Um grande abraço e a certeza das minhas orações.

Rilene disse...

Após a postagem do 1º comentário fui estudar para uma prova de Patrologia e vi este texto de Isaías: "Fortalecei as mãos abatidas, revigorai os joelhos cambaleantes. Dizei aos corações perturbados: Sede fortes, não temais". É claro que lembrei logo de vc, parei o estudo e fiz uma rápida oração pela sua perseverança diante das dificuldades que surgirão nesse período tão longe dos seus. Tudo que posso fazer para lhe ajudar é rezar e isto tenho feito sempre desde o dia em que Deus lhe colocou em meu caminho. Beijo grande.