quarta-feira, 30 de julho de 2008

Frutas e Títulos

Quem já pegou fruta no pé sabe a delícia que é saborear atas, mangas, cajus, muitas jabutucabas, colhidas bem fresquinhas e doces, em temperatura ambiente. Por ter vivido toda a minha vida em metrópole, no Rio, esta experiência só a tive, praticamente, na vida adulta, mas nem por isso ela deixa de ter menos sabor de infância.

Dessa vez, aqui em Israel, as frutas mudaram, tornaram-se menos tropicais: agora são figos e uvas verdes dos pés que temos no quintal de casa! Ontem, ao chegar da camihada, estendi a mão e peguei dois pequenos e maduros figos que me esperavam no galho que ultrapassa o portão de ferro da entrada da casa, e fica exposto ao gosto do primeiro freguês que dele se aproxima, ao passar na calçada. As crianças não deixam passar um, mas ontem fui eu quem vi primeiro! Na hora do jantar, o Leandro, aquele mesmo da foto postada no blog, chegou com um cacho de uvas verdes bem maduras, da parreira que fica no quintal, para sobremesa de todos nós. Maravilha! Frutas e alguns legumes que no Brasil são bem caros, como o pimentão vermelho e amarelo, o tomate cereja e as nêsperas, pêssegos, uvas e pêras, aqui são bem acessíveis. Quem gosta de fruta se farta!

Na segunda-feira fomos fazer uma visita de felicitações a uma senhora, funcionária do asilo, pelo nascimento de mais um neto. É costume, em ocasiões de nascimento de uma criança, oferecer um chá que a própria mãe já vem tomando, e que faz bem para a recuperacão de seu organismo após o parto, e que também é oferecido a todas as visitas que aparecem para conhecer o bebê. O nome do bendito chá eu não guardei, só sei que é uma mistura forte de gengibre, canela, noz-moscada, cravo que fica em infusão por X tempo e depois é servido com nozes. Mesmo achando muito forte eu me deliciei (que novidade!). Minha natureza italiana e minha criação me ensinaram a apreciar e querer experimentar coisas novas. Teve gente lá de casa, da Comunidade, que só de sentir o cheiro ja ficou enjoado e comeu só as nozes que são servidas, picadas, dentro do chá.

A avó, que é a pessoa amiga do Shalom, e a conhecedora dos segredos de como melhor preparara o chá, que remonta a uma tradição bem antiga, se chama MM'Fâda. Por causa de seu nome, eu acabei descobrindo um costume árabe que se extende a todo o Oriente Medio, bastante interessante, e que tem sido um pouco abandonado pelas gerações com menos de 40 anos. Mesmo assim ainda permanece muito presente na cultura. Quando uma mulher se casa ela só se torna Sra. Fulana de Tal quando nasce seu primeiro filho homem. Se ela tiver somente filhas mulheres, ela será sempre chamada pelo seu primeiro nome. Ter só filhas mulheres é considerado uma grande tristeza pois, lembremo-nos, quando as filhas se casam elas passam a 'pertencer' mais à familia do marido do que a sua familia de origem. É como se a mãe fosse fadada a envelhecer sozinha com o marido. Nao sei se é bem assim que acontece atualmente, mas essa é a lógica. Quando o primeiro filho homem nasce, a mãe passa a ser chamada MM' e o nome dado ao filho, ou seja 'a mãe do fulado', e isso corresponde a ela passar a ser conhecida como Sra.Fulana de Tal.
No nosso caso, a senhora teve seis filhos, três homens e três mulheres, mas é chamada de Mãe do Fâda, ou MM'Fâda. E mais, o nascimento do primeiro filho homem muda também o nome do pai que passa a ser chamado de AbuFâda. A Comunidade tem um amigo, um senhor, sogro da Lucy, aquela que já esteve no Shalom em Fortaleza, no Jubileu de Prata, que se chama AbuAcran, ou seja, o pai do Acran que, coincidentemente é o marido da Lucy.

Nao é super interessante? Fiquei pensando que a mamãe se chamaria MM'Marco e o papai AbuMarco. A Emmir seria MM'Regis e a tia Nair só teria mudado de nome e se tornado uma senhora depois da sexta gravidez, e passaria a se chamar MM'Moysés. Tenho certeza que ela nao se importaria nem um pouco com esse novo titulo, e não lhe seria nem um pouco penoso, não é mesmo?

Como é que ficaria o nome da sua mãe?
Deus abençoe a todos os abus e a todas as MM que, eventualmente, lerem esta mensagem. Ah! e é claro, abençoe os solteiros, celibatários e mães de somente meninas, sem contar os pais e as mães espirituais!

3 comentários:

Anônimo disse...

QUERIDA ELENA, A MAMÃE DEIXARIA DE SE CHAMAR RAPHAELA E SERIA MM'FREDERICO E O PAPAI SERIA ABUFREDERICO! INCRÍVEL! NA VERDADE, O PAPAI NÃO DEU O SOBRENOME DA MAMÃE PARA NEHUM DE NÓS 6 FILHOS (1 HOMEM E 5 MULHERES) A MAMÃE ERA FILHA DE ALEMÃO - SAAR - COM MINEIRA - NOGUEIRA. O PAPAI ERA FILHO DE ESPANHO - FERREIRA CAMPOS - CM PORTUGUESA - QUEIROZ -
QUE MISTURA, HEIM! POR ISSO TENHO FACILIDADE PARA LÍNGUAS... GRAÇAS A DEUS!
QUANTO ÀS FRUTAS, AQUI AGORA É TEMPO DE MEXIRICA - A OEQUENA - OU PONCAN - A GRANDE. AMBAS DELICIOSAS E DOCINHAS, GRAÇAS A DEUS. JÁ ESTOU COM 88:500 KG E VOU SÓ ATÉ AMANHÃ COM O PROGRAMA HERBALIFE. EM AGOSTO COMEÇO O PROGRAMA DE 'MANUTENÇÃO'. VAMOS VER COMO SERÁ. DEUS ME AJUDE! TENHO PEDIDO A GRAÇA DE 'PERDER A VONTADE DE COMER'... MAS ESTÁ TUDO NAS MÃOS DE DEUS. FIQUE COM ELE E COM NOSSA SENHORA. SUA TRINITY

Ana Paula disse...

oi Elena, é certo q já recebi o seu email a mais de 11 dias, sorry, bem eu não tenho o controle do tempo, mas tempo administrar, risoss.
Muito feraaaa as fotos, gostei do blog e tenho uma proposta pra vc.
Ahhh vamos na festa da Shalom amanhã, quero encontrar vc lá, em Nazareth. Abraçossss
Ana Paula Rosa, Canção Nova

Anônimo disse...

2º COMENTÁRIO 5ª FEIRA
ELENA, EU GOSTARIA DE SABER COMO É O HORÁRIO AÍ EM ISRAEL. VOCÊS ESTÁ À FRENTE OU ATRÁS DE NÓS? QUANDO AQUI SÃO 10 HORAS DA MANHÃ DO DIA 31/08 - 5ª FEIRA - AÍ, QUE DIA É E QUE HORAS SÃO? POR FAVOR, MANDE NO MEUJ E-MAIL OU PONHA NO BLOG, PARA OUTRAS PESSOAS TAMBÉM FICAREM SABENDO, SE É QUE SÓ EU É QUE NÃO SEI... BEIJOS! TRINITY